Quais são os seus super poderes?

super poderes talentos

 

Talentos: Você sabe quais são os seus? Eles são seus super poderes, que podem fazer com que você tenha muitas realizações e conquistas em sua vida e carreira.

 

Quando a gente é criança se imagina voando, ficando invisível, atravessando paredes. Você lembra disso, na sua infância?  Em meus sonhos e devaneios, eu sempre era super forte e voava!!! A própria mulher maravilha!

 

Daí chega a vida adulta.

 

Um dia nos contam que não existe Papai Noel.

No outro, dizem que não existe coelhinho da Páscoa.

Adolescentes, nos fazem testes e perguntas para descobrir A NOSSA VOCAÇÃO em uma única área, nos perguntam “O que você quer ser quando crescer”, assim, de forma fria, como se tivéssemos arco e flecha na mão e precisássemos acertar o meio do alvo.

 

E dessa escolha, vale a felicidade e seu sucesso pro resto da vida.

 

Entramos em empresas e nos ensinam a cumprir processos, cumprir a etiqueta, cumprir a regra local.

 

É tamanha a pressão que esquecemos nossos sonhos, nossos talentos, e nos conformamos em fazer o que é pedido.

 

E o que você fez com seus super poderes?

 

Assim como deixamos de acreditar em Papai Noel, muitas vezes deixamos de acreditar em nós, em nosso potencial.

 

Muitas vezes esquecemos que somos fortes, talentosos. E que os talentos que possuímos, por mais variados que sejam, podem e devem ser associados a competências profissionais.

 

super poderes talentos

 

Talentos, você conhece os seus?

 

Quando começo a falar sobre talentos nos processos de coaching ou em treinamentos, a maioria das pessoas quando questionada sobre o tema já pensa logo em algo quase “sobrenatural” , elevando o talento à um dom, algo muito diferenciado, algo que elas não tem!

 

É isso mesmo, geralmente quando pergunto às pessoas:

 

– Quais são os seus TALENTOS?

 

É bem comum ouvir: – “não sei”, “não tenho”, “não conheço”.

 

Mas a verdade é que todo mundo possui talentos, inúmeros aliás. E para identificá-los o primeiro passo é desmistificar o que é talento.

 

Talento é aquilo que fazemos de forma natural, com destreza e facilidade, melhor do que a maioria das pessoas, ação a qual temos grande capacidade em realizar.

 

Super Poderes Talentos

 

Em meus atendimentos e treinamentos, utilizo duas linhas de estudo:

 

A Teoria das Inteligências Múltiplas, de Howard Gardner e um dos pilares da Psicologia Positiva, de Martin Seligman que trata o Caráter Positivo (Forças Pessoais e Virtudes).

 

Falo mais sobre este segundo estudo neste artigo

 

A Teoria das Inteligências Múltiplas trouxe um questionamento quanto ao uso dos testes de QI como único padrão de se medir inteligência e trouxe uma abordagem sobre diversos tipos de inteligências (ou talentos): relacional, executor, artístico, espacial, linguística, etc.

 

 

Até então, quem não possuía talento lógico-matemático não teria talento nenhum. Mas não é assim que as coisas funcionam. Tem muita gente que não entende nada de matemática, mas é ótimo em comunicação, artes, esportes… e por que não valorizamos o que cada um tem de melhor?

 

 

É ai que entra a Psicologia Positiva, que nos traz a potencialização do que temos de melhor.

 

 

Se a pessoa já for boa em esportes, como por exemplo, uma criança que desde cedo se destaca no futebol, e a colocarmos para treinar futebol 5, 6 horas por dia, ao final de um período, ela será muito melhor nisso!

 

E é assim que  eu vejo que devemos trabalhar a questão dos talentos e das potencialidades.

 

Pegue aquilo que você faz bem, treine, se especialize…e seja FANTÁSTICO nisso!!!

 

Ou, pegue o menino que tinha talento para o futebol, deixe ele de castigo porque tirou nota baixa e insista para ele tirar um 10 em matemática, estudando todo dia. Ele provavelmente acabará sendo mediano nos dois itens.

 

 

Talvez esteja ai o porquê de termos tantas pessoas frustradas: estamos querendo moldar todo mundo num talento único, em padrões únicos.

 

As próprias escolas e empresas muitas vezes acabam estimulando o que eu chamo de “avaliação da mediocridade” onde é trabalhado para que todos sejam nota 7 / Adequado, ao invés de estimular para que cada indivíduo supere resultados naquilo que é verdadeiramente bom, e neste caso, porque possui talento e não pela simples competição.

 

“Todo mundo é um gênio. Mas, se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em uma árvore, ele vai gastar toda a sua vida acreditando que é estúpido.” – Albert Einstein

 

você é super

 

Empresas e Talentos

 

Me dá um aperto na alma quando empresas abrem programas de “desenvolvimento de talentos” para um grupo seleto, sem muitas justificativas.

 

Como se dissessem que somente aquelas pessoas fossem diferenciadas, especiais

 

 

E elas realmente são. Porém, para um talento em específico, que pode ser o que a empresa deseja naquele momento, para seu crescimento. Só que estas pessoas terem este talento, não quer dizer que as demais não sejam talentosas.

 

Elas são, só que em competências diferentes.

 

Quando eu começo a segregar, dizer que só tem talento quem se formou em faculdade x, quem sabe idioma y ou domina tecnologia w, eu excluo todas as outras possibilidades.

 

É como se apenas quem coubesse naquela caixinha pré-determinada fosse talentoso.

 

Mas não é assim.

 

Talento é aquilo que você faz bem, que você aprende rápido, que faz de forma apaixonada, que desenvolve com alta habilidade.

 

Tem gente que é boa em cálculo, lógica. Tem gente que é ótima em artes, cultura. Tem gente que é ótima em relacionamento, comunicação.

 

E existem também os multipotenciais, que unem diversos gostos e talentos (tema do meu próximo texto).

 

Enfim, todos nós temos talentos.

 

Todos nós temos super poderes.

 

Se o Homem Aranha for avaliado por força física, será mal avaliado. Se o Hulk for avaliado por Inteligência Emocional, será mal avaliado.

 

Se o Tony Stark / Homem de Ferro for avaliado por Humildade, será mal avaliado.

 

 

meme homem de ferro

 

 

Quando buscamos ser algo que não somos, o processo é doloroso, cansativo. Muitas vezes só o que conseguimos é ser mediano.

 

E isso é frustrante.

 

O mundo está lotado de gente medíocre. Gente que fica insistindo em seus pontos fracos, em suas limitações, ao invés de vestir sua capa e assumir seus super poderes.

 

Ao invés de olhar pra fora, buscar os talentos dos outros, nos comparar, precisamos olhar pra gente mesmo e descobrir, lapidar o que temos de melhor.

 

Identificar nossos super poderes e potencializá-los.

 

Olhar para nossas limitações, nossos pontos fracos ou sabotadores, e identificar onde eles nos impedem de ir em frente, alcançar nossos objetivos. E desenvolvê-los neste sentido,  para que eles não atrapalhem, não para que eles se tornem pontos fortes.

 

Você consegue identificar seus super poderes?

No que você manda bem?

 

Desenvolvendo Super Poderes

 

Lembra do primeiro filme do Homem Aranha? Quando ele ia lançar a teia, ela falhava. Ao tentar subir em prédios, batia cabeça. O Hulk, lá no começo, era muito mais “desequilibrado”, sua força era usada em demasia.

 

Aos poucos, com treino e observação, aprendemos a usar da melhor forma nossos super poderes.  Isso se chama Desenvolvimento de Competências. Pegarmos algo em que somos bons, e lapidarmos.

 

Neste processo, ferramentas de apoio também podem ser incorporadas. O Thor já é forte, mas fica mais poderoso com seu martelo. O Batman possui seu cinturão de utilidades.

 

Quais são as suas ferramentas de apoio?

 

Aplicativos, teorias, técnicas.

São diversas as ferramentas que apoiam o uso dos talentos.

 

Por exemplo: eu tenho talento para organização. Mas o uso da agenda do google + Trello potencializam esse meu talento. Uma pessoa que tem talento para comunicação, ao conhecer técnicas de oratória, potencializará seu talento natural.

 

Nem sempre a ferramenta tem ligação natural com seu talento, mas servirá ao seu propósito, facilitará a sua vida.

 

Por exemplo: Qual o talento do Tony Stark?

 

Não é força física, ele não voa, não emite raio laser pelos olhos. Os talentos dele, ao meu ver, são: inteligência, ousadia, criatividade. Estes talentos possibilitaram que ele criasse uma armadura (ferramenta) que aumentou seus poderes.

 

Isso é possível na vida real? Claro que é. Só analisar como você pode utilizar seus talentos existentes para resolver problemas / pontos fracos que você possua.

 

 

legião vingadores

 

 

A união faz a força

Por que a união de tipos tão diferentes como Hulk, Viúva Negra, Thor e Homem de Ferro se fez necessária, nos Vingadores?

 

Porque talentos diferentes acabam sendo complementares.

 

A diferença traz discussão frequente, necessidade de alinhamento, de convencer o outro, de mostrar o outro lado da moeda. Mas também traz a soma de expertises, visões diferentes, soluções criativas, aprendizados enriquecedores. Desde que o time esteja aberto à isso.

 

No ambiente empresarial, talentos complementares são fator de sucesso para times e empresas, assim como saber posicionar a pessoa ideal na atividade adequada e não impedir que ela seja ela mesma e dê o seu melhor.

 

 

hulk poderes

 

Só pra lembrar, pode conter spoiler: no último filme dos Vingadores, o Hulk literalmente “amarelou”. Tentou usar seus super poderes e não conseguiu.

 

Nós também podemos falhar, mesmo quando já somos experientes ou talentos em determinada área ou atividade.  

 

O erro no trabalho pode ter diversos impactos – inclusive, minar sua autoconfiança e fazer com que você deixe de acreditar em seu potencial. Leia este artigo sobre o tema Erro No Trabalho.  

 

 

Este artigo também foi publicado no LinkedIn. Se você ainda não me acompanha por lá, esta é a hora! 

Clique aqui para ler no LinkedIn, deixe seu comentário lá no artigo e me siga por lá também!

 

 

Continue conectado...

Compartilhe!